Qwiki, o despertar das enciclopédias virtuais

Se começou a usar a internet nos anos 90 já ouviu falar sobre o serviço Cadê?, atualmente Yahoo! Cadê?, que foi a primeira empresa brasileira no ramo dos buscadores. Era 1996 e os resultados das buscas não eram tão melhores do que procurar em uma enciclopédia, embora fosse muito mais divertido. As informações eram escassas e era difícil encontrar imagens. Vídeos? Nem pensar. O conteúdo digital estava a dar os seus primeiros passos.

Mas a internet mudou. Hoje, catorze anos depois, e infinitos sites de busca, destacando entre eles a gigante Google, pode-se dizer que chegamos à situação que desejávamos: hoje é possível achar tudo e em diferentes tipos de mídia. A informação fica muito mais rica a partir do momento que explora todos seus recursos, como procurar sobre uma cidade no Wikipédia , buscar imagens no Google e ainda encontrar vídeos relacionados no YouTube . O que mais poderíamos querer?

Talvez respondendo essa pergunta que Doug Imbruce e Louis Monier deram origem ao Qwiki, um serviço que cria um slideshow a partir da busca que você faz. Como assim? Para explicar a ferramenta eles utilizaram a animação Wall-E: lembram da cena em que o capitão B. McCrea pede para o computador informações sobre o planeta e passa um slideshow com algumas características principais?  No caso do Qwiki você digita a informação e a ferramenta cria um vídeo na hora com informações referentes a sua busca.

Slide-Exemplo da Estátua da Liberdade

Vale ressaltar que o Qwiki foi o projeto vencedor da Techcrunch Disrupt, evento realizado em San Francisco em Setembro desse mesmo ano, e já recebeu um investimento de 1 milhão e meio de dólares segundo dados do site Techcrunch.  O serviço ainda está em sua versão alfa. Vale a pena experimentarem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *